Nobel da Paz: um voto de confiança em Obama

Barack Obama, o jovem presidente dos Estados Unidos, recebeu na sexta-feira (9), o Prêmio Nobel da Paz- o mais importante prêmio do planeta. O Comitê organizador do Prêmio Nobel disse que  Obama foi premiado  por “seus extraordinários esforços para fortalecer a diplomacia internacional e a cooperação entre os povos.”

Havia  205 indicados ao Nobel da Paz deste ano, um recorde na história deste prêmio. A homenagem a Obama é o

Obama, o presidente pacificador, ganha o Prêmio Nobel da Paz

Obama, o presidente pacificador, ganha o Prêmio Nobel da Paz

reconhecimento a um comportamento extremamente pacificador que o presidente americano vem mantendo a pouco mais de nove meses, desde que assumiu o poder. Ele “acolheu com humildade a seleção do comitê”, disse o assessor de imprensa da Casa Branca, Robert Gibbs.

Críticos – especialmente no mundo árabe e islâmico – consideraram a decisão prematura. “Obama ainda tem um longo caminho a percorrer e muito trabalho a fazer antes que possa merecer uma recompensa,” disse Sami Abu Zuhri, dirigente do grupo islâmico palestino Hamas.

Politicamente Obama ganha prestígio, pois ele que vive internamente um momento  difícil em  seu curto mandato,  vem tentando aprovar no congresso um amplo projeto de reforma da previdência social, tem sido atacado  por opositores da extrema direita e também pelos menos radicais,  chegou a receber dos críticos e jornalistas americanos uma espécie de prazo para mostrar a que veio. Nesse contexto o premio é o presente certo na hora certa.

Ao destinar o mais importante Prêmio Nobel da paz ao presidente dos Estados Unidos, Obama, os organizadores do Comitê  estejam de certa forma dizendo chega de guerras, chega de intolerância, chega de intervenções bélicas.

Thorbjoern Jagland, presidente do Comitê do Nobel disse que a homenagem  é um voto de confiança nas atitudes do presidente Obama,  que pode  respingar positivamente nos acordos de paz que ele vem tentando costurar,  principalmente no Oriente Médio e pode mudar os rumos da guerra contra o terror.

O Nobel da Paz está dotado com dez milhões de coroas suecas (980 mil euros ou US$1,4 milhão) e, como os outros, se entrega dia 10 de dezembro, aniversário da morte de seu fundador, Alfred Nobel.

Jogelci do Carmo

Anúncios

2 Respostas to “Nobel da Paz: um voto de confiança em Obama”

  1. Olá!!!
    Gostaria de parabenizar os organizadores do blog! Os temas tratados aqui são de interesse do grande público e podem gerar boas discussões.

    Sobre o Obama ter ganho o Nobel, achei uma escolha pouco embasada. Acredito que hoje, um presidente que se coloca de forma presente e muito diplomática em quase todos os países do mundo é o Lula. Lógico que os EUA tem questões mais fortes, como as relações complicadas com o Oriente Médio, mas acho que a atuação de Obama justamente no quesito “Paz com o mundo islâmico” ainda está longe de merecer um Prêmio como esse.

  2. politicaagora Says:

    Concordo Samantha.
    E obrigada pelo carinho com relação ao blog!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: