PARA FALAR COM ADVOGADO, SÓ SE FOR SEM ROUPA

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Fernando Gonçalves, responsável pelas investigações de um suposto esquema de arrecadação e distribuição de propina no Distrito Federal, determinou que o ex-secretário de Comunicação do DF, Wellington Moraes, tenha que ficar sem roupas e passar por uma vistoria de agentes da Polícia Federal antes e depois de se encontrar com seus advogados.

O ministro determinou ainda que todos os advogados que passarem pelo Complexo Penitenciário de Pádua fossem vistoriados na entrada caso contenham algum tipo de pasta ou bolsa.

O ex-secretário é acusado de particiar de uma tentativa de suborno de uma das testemunhas do caso que envolveu o ex-governador José Roberto Arruda (ex DEM/ sem partido atualmente). Ele está presso a 42 dias.

ANDRESSA PRATES

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: